Avaliação e monitoramento participativo na gestão da qualidade da água

Avaliação das principais etapas do processo

  • Juliana Fernandes Couto
  • Adivane Terezinha Costa UFOP- NUCAT
  • Alana Lima Pereira
  • Ana Carolina de Souza Lima
  • Álvaro Simões Maciel
  • Fabio Carvalho Lins
  • Pedro Lourenço dos Reis
  • Vera Lúcia de Miranda Guarda
Palavras-chave: Monitoramento participativo, água, comunidade, gestão das águas

Resumo

A água é um bem público essencial para a vida.  Atualmente, há uma crescente preocupação com os efeitos das atividades humanas na qualidade das águas, evidenciando a necessidade do aumento do número de corpos hídricos monitorados. A Política Nacional de Recursos Hídricos (Lei nº 9433/97) prevê uma gestão descentralizada, integrada e participativa desses recursos, ou seja, uma gestão em que a sociedade participa juntamente com o poder público e usuários com o intuito de promover a melhoria da qualidade do meio ambiente. Este trabalho tem por objetivo gerar uma síntese das diferentes etapas do processo de monitoramento participativo na análise de águas, com base em exemplos já implementados e bem sucedidos, contribuindo assim para futuras discussões e ações em programas de monitoramento. Para isso, o método de desenvolvimento utilizado neste trabalho consistiu em uma revisão de artigos científicos de revistas, periódicos, dissertações e Anais Nacionais e Internacionais. A partir disso, foram determinadas cinco etapas de desenvolvimento de um programa de monitoramento participativo, que são: (1) a criação do grupo comunitário; (2) Como realizar a capacitação da comunidade; (3) Parâmetros que podem ser utilizados no monitoramento da qualidade de águas; (4) Participação das pessoas em campo; (5) Avaliação do programa de monitoramento participativo e (6) Participação dos integrantes na esfera de decisão e compartilhamento de informações. O monitoramento participativo é uma forma eficiente de promover ações voltadas à melhoria da qualidade das águas, além de proporcionar o envolvimento e a atuação das comunidades na gestão dos recursos hídricos.

Referências

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/518231/CF88_Livro_EC91_2016.pdf. Acesso em 01 Abr. 2020.
BRASIL. Lei nº 9.433, de 08 de janeiro de 1997. Institui a Política Nacional de Recursos Hídricos. Brasília: DOU de 8/1/1997. Disponível em: https://legislacao.presidencia.gov.br/atos/?tipo=LEI&numero=9433&ano=1997&ato=a12ATVU90MJpWTbaf. Acesso em: 01 Abr. 2020.
PRADO, R. B.; CAPECHE, C. L.; PIMENTA, T. S. Embrapa Solos. Capacitação para o Programa de Educação Ambiental: monitoramento da qualidade da água utilizando kits, na bacia hidrográfica do rio São Domingos - RJ. Rio de Janeiro, 2005, 45p. Disponível em: http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/89836/1/doc74-2005-educacao-ambiental.pdf. Acesso em: 20 Out. 2020.
GIANASI, L. M.; VIEIRA, D. C.; PIMENTA, R. H. Mapeamento geo participativo: Saberes científicos e populares na estruturação de uma gestão participativa das águas. In: Congresso Brasileiro de Cartografia. XXVI., 2014, Gramado. Anais... Gramado: Sociedade Brasileira de Cartografia, 2014. Disponível em: http://www.cartografia.org.br/cbc/anais.html. Acesso em: 05 Mai. 2020.
HERRON, Elizabeth, STEPENUCK, Kris, GREEN, Linda, ADDY. Designing Your Monitoring Strategy: Basic Questions and Resources to Help Guide You. University of Rhode Island and University of Wisconsin, 2003.
JACOBI, R. J.; BARBI, F. Democracia e participação na gestão dos recursos hídricos no Brasil. Rev. Katál. Florianópolis v. 10 n. 2 p. 237-244, 2007. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802007000200012. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-49802007000200012&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 10 Mai. 2020.
KHOURI, J.H.H. Itaipu: Hidroeletricidade e Sustentabilidade. Amazônia brasileira e Pan-Amazônia: Riqueza, diversidade e desenvolvimento humano, seção 38, 2017.
KUSHNER, J.; KLINK, J.; STEPENUCK, K.; GENSKOW, K., HERRON, E.; GREEN, L. Evaluating Your Volunteer Water Quality Monitoring Program. National Water Resources Project Fact Sheet XVI. University of Rhode Island and University of Wisconsin. 2012 Disponível em: http://volunteermonitoring.org/guide-for-growing-programs. Acesso em: 04 Mai. 2020.
LEMOS, Maria Carmem et al. Informação técnica e gestão participativa de bacias hidrográficas no Brasil. In: VIEIRA, D. C. et. al. Gestão das águas no Brasil: vamos participar?. Mapeamento geo-participativo, participação social e gestão das águas na bacia hidrográfica do ribeirão Onça do estado de Minas Gerais. Instituto Guaicuy. Belo Horizonte, 2013. Disponível em: https://manuelzao.ufmg.br/biblioteca/gestao-das-aguas-no-brasil/. Acesso em: 10 Mai. 2020.
MALHEIROS, T. F.; PROTA, M. G.; PÉREZ, M. A. Participação comunitária e implementação dos instrumentos de gestão da água em bacias hidrográficas. Ambi-Agua, Taubaté, v. 8, n. 1, p. 98-118, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1980-993X2013000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en. Acesso em: 4 Mai. 2020.
PEREVOCHTCHIKOVA, M.; HERNÁNDEZ, N. A.; ZAMUDIO-SANTOS, V.; SANDOVAL-ROMERO, G. E. Monitoreo comunitario participativo de la calidad del agua: caso Ajusco, México. Tecnologia y ciencias del agua, Jiutepec , v. 7, n. 6, p. 5-23, 2016. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/320415273_Community_participatory_monitoring_of_water_quality_Case_Ajusco_Mexico. Acesso em: 4 Mai. 2020.
PETRIKOSKI, S.M.; ROCKER, C.; CARVALHO, P.G.S.; BENASSI, S.F.. Informações da qualidade de água na microbacia do córrego São Pedro por meio do monitoramento participativo. Acta Iguazu, Cascavel, v.5, Edição Especial “I seminário de Eng. De Energia na Agricultura”, p.135-144, 2016. Disponível em:http://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/15979. Acesso em: 04 Mai. 2020.
UGYA, A. Y., AJIBADE, F. O., AJIBADE, T. F. Water Pollution Resulting from Mining Activity: an Overview. In: Proceedings of the 2018 Annual Conference of the School of Engineering & Engineering Technology (SEET), Nigeria, pp. 703–718, 17-19, 2018. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/326925600_Water_Pollution_Resulting_From_Mining_Activity_An_Overview/citations. Acesso em: 15 Mai. 2020.
VIEIRA, D. C., GIANASI, L. M.; PINHEIRO, T. M. M. GESTÃO DAS ÁGUAS NO BRASIL: vamos participar. Mapeamento geo-participativo, participação social e gestão das águas na bacia hidrográfica do ribeirão Onça do estado de Minas Gerais. Instituto Guaicuy – SOS Rio das Velhas - Projeto Manuelzão – UFMG, 2013 DOI: http://doi.org/10.5281/zenodo.3759783. Disponível em: https://manuelzao.ufmg.br/biblioteca/gestao-das-aguas-no-brasil/. Acesso em: 10 Mai. 2020.
Publicado
2021-01-13
Seção
Artigos de Revisão