Aforização na Mídia Marianense: Reflexões do Ponto de Vista da Mineiridade

  • Alessandra Folha Mós Landim UFMG
Palavras-chave: Jornais marianenses, mineiridade, aforização

Resumo

Este trabalho tem como objeto de estudo enunciados retirados de publicações de jornais marianenses que se relacionam com as noções de mineiridade. Esses enunciados advêm de variadas matérias e demonstram como as noções de particitação, sobreasseveração e aforização são colocadas em uso nos textos jornalísticos da mídia marianense. Assim, essas noções podem ser tomadas como constitutivas da construção discursiva desses jornais do ponto de vista da mineiridade e são colocadas à prova nas situações enunciativas em que esses jornais se enquadram, sendo, assim, ferramentas discursivas. A questão da mineiridade é tomada sob a ótica de um conjunto de valores que constroem o ser mineiro, sem, no entanto, ser trabalhada de modo exaustivo, pois o foco se encontra nas ferramentas discursivas utilizadas para colocar em jogo esses ideais. São analisados especialmente enunciados retirados dos jornais O Cruzeiro e Voz de Marianna, que são publicações mineiras e marianenses do século XX.

Biografia do Autor

Alessandra Folha Mós Landim, UFMG
Doutoranda em Estudos Linguísticos na UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais e Mestra em Letras - Estudos da Linguagem pela UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto.

Referências

ARRUDA, Maria A. do Nascimento. Mitologia da Mineiridade, São Paulo, Brasiliense, 1990.

FRANÇA, Vera Veiga. Jornalismo e vida social: a história amena de um jornal mineiro, Belo Horizonte, Editora UFMG, 1998.

LANDIM, Alessandra Folha Mós. A construção discursiva da mineiridade a partir de jornais marianenses. 2017, 152f, (Dissertação de Mestrado em Estudos da Linguagem), Departamento de Letras, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana.

LARA, Glaucia Muniz Proença. Passando a aforização em revista. Estudos Semióticos, São Paulo, Volume 9, Número 2, p. 7-1, dez. 2013. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/esse/article/view/69527/72109. Acesso em 13/08/2018.

MAINGUENEAU, Dominique. Cenas da enunciação, Curitiba, Criar Edições, 2006.

MAINGUENEAU, Dominique. Gênese dos discursos, São Paulo, Parábola Editorial, 2008.

MAINGUENEAU, Dominique. Aforização, enquadramento interpretativo e configuração humanista. Discurso e linguagens: objetos de análise e perspectivas teóricas. Franca, volume 6. 2011. Disponível em: http://publicacoes.unifran.br/index.php/colecaoMestradoEmLinguistica/article/view/542/434. Acesso em 13/08/2018.

MAINGUENEAU, Dominique. Frases sem texto, São Paulo, Parábola Editorial, 2014.
Publicado
2019-12-30
Seção
Artigos - Fluxo contínuo