Um estudo sobre a Legendagem para Surdos e Ensurdecidos (LSE) em Videoaulas em Plataforma de Ensino a Distância

  • Renatta Pires Franco Universidade Estadual do Ceará
  • Igor Pereira Ribeiro dos Santos Universidade Federal do Ceará
  • Élida Gama Chaves FECLESC - Universidade Estadual do Ceará
Palavras-chave: Linguística Aplicada, Estudos da Tradução, Tradução Audiovisual Acessível, Legendagem para Surdos e Ensurdecidos

Resumo

A Legendagem para Surdos e Ensurdecidos (LSE) é uma modalidade de tradução audiovisual acessível, que difere das legendas para ouvintes (LO) pela indicação dos falantes e de efeitos sonoros. A plataforma Dell Accessible Learning vem implementando a LSE nas videoaulas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), de modo a acessibilizar o material produzido para o público surdo. Para a elaboração da LSE, utiliza-se o programa Subtitle Workshop 6.0b e os parâmetros de legendagem disponíveis no Guia para Produções Audiovisuais Acessíveis (2016). Nele, há uma compilação de várias pesquisas em legendagem, que fundamentaram as orientações para profissionais que trabalham na área, sendo, também, uma das referências desta pesquisa. O objetivo deste artigo é apresentar uma proposta de readequação dos parâmetros utilizados na elaboração da LSE de videoaulas produzidas para o AVA da referida plataforma, para que o conteúdo possa atender às necessidades das pessoas surdas e ensurdecidas.

Biografia do Autor

Renatta Pires Franco, Universidade Estadual do Ceará

Bacharela em Letras Inglês pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Atualmente, é mestranda no Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada (PosLA/UECE), na área de Multilinguagem, Cognição e Interação. Tem experiência profissional em Audiodescrição e Legendagem para Surdos e Ensurdecidos.

Igor Pereira Ribeiro dos Santos, Universidade Federal do Ceará
Bacharel em Letras Inglês pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Atualmente, é mestrando no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (POET/UFC). Tem experiência profissional em Tradução de Língua Inglesa e em Legendagem para Surdos e Ensurdecidos.
Élida Gama Chaves, FECLESC - Universidade Estadual do Ceará
Doutora em Linguística Aplicada pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Universidade Estadual do Ceará (PosLA/UECE). Atualmente, é Professora Assistente do Departamento de Letras da Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central (FECLESC/UECE).
Publicado
2020-11-04