Artaud e as Vanguardas Artísticas: uma Revolução Cênica Radical

Resumo

O presente artigo visa discutir a relação entre os movimentos artísticos de vanguarda do início do século XX e as ideias de transformação da arte e do teatro propostas por Antonin Artaud. Além disso, busca destacar a influência marcante que o Futurismo, o Dadaísmo e o Surrealismo exerceram sobre a obra de Artaud, temática ainda pouco estudada na bibliografia específica.

Biografia do Autor

Tamira Mantovani Gomes Barbosa, PPGAC/ UFOP
Tamira Mantovani Gomes Barbosa é atriz, performer e pesquisadora. Mestra em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), graduou-se em Teatro pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente investiga as conexões entre performance e filosofia, como pesquisadora do Grupo Aporia - Estudos em Filosofia e Performance, do PPGAC/ UFOP, certificado pelo CNPq.

Referências

ARTAUD, Antonin. Linguagem e Vida. Organização: J. Guinsburg, Silvia Fernandes Telesi e Antonio Mercado Neto. São Paulo: Perspectiva, 2006.

ARTAUD, Antonin. O Teatro e Seu Duplo. Tradução: Teixeira Coelho. Revisão: Monica Stahel. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

COTTINGTON, David. Cubismo. Tradução: Luiz Antônio Araújo. São Paulo: Cosac Naify, 2001.

DIAS, Luciana da Costa; BARBOSA, Tamira Mantovani Gomes. Artaud e a Poesia Sonora: o som como meio e descontrução da linguagem. ODRADEK. Studies in Philosophy of Literature, Aesthetics and New Media Theories, v. 3, pp. 159-176, 2018.

DIAS, Luciana da Costa. Nietzsche, Artaud e o Pós Dramático: elementos de uma crise anunciada?. In Ensaios Filosóficos, v. 11, pp. 73-84, 2015.

DERRIDA, Jacques. A escritura e a diferença. Tradução: Maria Beatriz Marques Nizza da Silva, Pedro Leite Lopes e Pérola de Carvalho; Revisão: Eloísa Graziela Franco de Oliveira, Denílson Lopes e Newton Cunha. São Paulo: Perspectiva, 2014.

FÉRAL, Josette. Além dos Limites: teoria e prática do teatro. Tradução: J. Guinsburg... [et al.]. São Paulo: Perspectiva, 2015.

GLUSBERG, Jorge. A arte da performance. Tradução: Renato Cohen. São Paulo: Perspectiva, 2013.

LITTLE, Stephen. Ismos: para entender a arte. Tradução: Douglas Kim. São Paulo: Globo, 2010.

MÈREDIEU, Florence de. Eis Antonin Artaud. Tradução: Isa Kopelman. São Paulo: Perspectiva, 2011.

PUPPO, Alessandro del. Dalí. Tradução: Mônica Esmanhotto e Simone Esmanhotto. São Paulo: Abril, 2011.

VIRMAUX, Alain. Artaud e o teatro. Tradução: Carlos Eugênio Marcondes Moura. São Paulo: Perspectiva, 2009.

Publicado
2020-05-01