Por um Performer Cruel: Reverberações entre Artaud, Performance, Corpo-Sem-Órgãos e Devir-Animal

Resumo

O presente artigo tem o interesse em traçar uma zona de convergência entre arte da performance e Teatro da Crueldade, de Antonin Artaud, a partir do cruzamento dos estudos dos conceitos filosóficos, tais como “devir-animal” e “corpo-sem-órgãos”, de Gilles Deleuze e Félix Guattari, e “movimentos aberrantes” e “instauração”, de David Lapoujade com o conceito artístico de “precariedade”, de acordo com Eleonora Fabião.

Biografia do Autor

Matheus Silva, UFMG
Matheus Silva é performer-pesquisador e doutorando em Artes da Cena pelo Programa de Pós-Graduação em Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Referências

ALICE, Tania. “Diluição das fronteiras entre linguagens artísticas: a performance como (r)evolução dos afetos”. In: Palco Giratório: Circuito nacional. Rio de Janeiro: SESC, Departamento Nacional, 2013.

ARTAUD, Antonin. Cartas aos poderes. Tradução de Irineu Corrêa Maisonnave. Porto Alegre: EVM, 1979.

ARTAUD, Antonin. Para acabar de vez com o juízo de Deus seguido de O Teatro da Crueldade. Tradução de Luiza Neto Jorge e Manuel João Gomes. Lisboa: & etc - Publicações Culturais Engrenagem, 1975.

ARTAUD, Antonin. O teatro e seu duplo. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

BAIOCCHI, Maura; PANNEK, Wolfgang. Taanteatro. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2007.

COHEN, Renato. Performance como linguagem. São Paulo: Perspectiva, 2009.

COHEN, Renato. Work in progress na cena contemporânea: criação, encenação e recepção. São Paulo: Perspectiva, 2013.

DELEUZE, Gilles. Sobre o teatro: um manifesto de menos; O esgotado. Tradução de Fátima Saadi, Ovídeo de Abreu, Roberto Machado. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2010.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Kafka: por uma literatura menor. Tradução de Cintia Vieira da Silva; revisão da tradução de Luiz B. L. Orlandi. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2014.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia, v.3, 2007, São Paulo: Ed. 34, 1996.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia, v.4 Tradução de Suely Rolnik. São Paulo: Editora 34, 1997.

FABIÃO, Eleonora. Ações. Programa Rumos Rio de Janeiro: Itaú Cultural, 2015.

FABIÃO, Eleonora. “Performance e precariedade”. In: OLIVEIRA JUNIOR, Antonio Wellington de (Org.). A performance ensaiada: ensaios sobre performance contemporânea. Fortaleza: Expressão Gráfica e editora, 2011.

FÉRAL, Josette. Além dos limites: teoria e prática do teatro. Tradução de J. Guinsburg. São Paulo: Perspectiva. 2015.

LAPOUJADE, David. As existências mínimas. Tradução de Hortencia Santos Lencastre. São Paulo: n-1 edições, 2017.

LAPOUJADE, David. Deleuze, os movimentos aberrantes. Tradução de Laymert Garcia dos Santos. São Paulo: n-1 edições, 2015.

LINS, Daniel. Antonin Artaud: o artesão do corpo sem órgãos. Rio de janeiro: Relume Dumará, 1999.

PELBART, Peter Pál. A vertigem por um fio: Políticas da Subjetividade Contemporânea. São Paulo: Iluminuras, 2010.

PELBART, Peter Pál. Da clausura do fora ao fora da clausura: loucura e desrazão. São Paulo: Iluminuras, 2009.

PELBART, Peter Pál. O avesso do niilismo: cartografias do esgotamento. São Paulo: n-1 edições, 2013.

PELBART, Peter Pál. Vida capital: ensaios de biopolítica. São Paulo: Iluminuras, 2003.

PEDRON, Denise Araújo. Um olhar sobre a Performatividade na cultura contemporânea: a performance como conceito e a produção artística de Diamela Eltit. Tese defendida Programa de Pós-Graduação em Letras: Estudos Literários da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, 2006.

POPA, Alina. “O segundo corpo e o fora múltiplo”. In: Cadernos de subjetividade do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Subjetividade do Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Clínica da PUC-SP. São Paulo: O Núcleo, 2013.

QUILICI, Cassiano Sydow. Antonin Artaud: Teatro e ritual. São Paulo: Annablume. FAPESP, 2004.

QUILICI, Cassiano Sydow. O ator-performer e as poéticas da transformação de si. São Paulo: Annablume, 2015.

SOUZA, Eneida Maria de. “O escritor vai ao zoológico” In: MACIEL, Maria Esther. (Org.) Pensar/escrever o animal: ensaios de zoopoética e biopolítica. Florianópolis: Editora da UFSC, 2011.

UNO, Kuniichi. A gênese de um corpo desconhecido. São Paulo: n-1 edições, 2014.

UNO, Kuniichi. “Por que é o corpo-sem-órgãos”. Revista Alegrar, n.13. Disponível em: <http://www.alegrar.com.br/revista13/>. (Acesso em 03 de outubro de 2019).

WILLER, Cláudio. Escritos de Antonin Artaud. Porto Alegre: L&PM Editores Ltda, 1986.

Publicado
2020-05-01