Antonin Artaud ontem e Hoje: Apresentação / Antonin Artaud yesterday and today: Introduction

Resumo

Editorial

As reverberações de Antonin Artaud (1896-1948) e seu pensamento ecoam forte, mesmo hoje, mais de 70 anos após sua morte. Pesquisadores, artistas e performers contemporâneos seguem dando voz e corpo às suas ideias e atestam sua importância. Em 2019, a Ephemera – Revista do Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal de Ouro Preto lançou uma chamada de artigos para o Dossiê Antonin Artaud e Reverberações, a qual recebeu um volume tão grande de artigos de alta qualidade que acabamos por decidir organizar não apenas um, mas dois números do Dossiê Antonin Artaud e Reverberações, o que demonstra a enorme repercussão da obra artaudiana para o campo não apenas das artes (cênicas) mas também da psicologia, da filosofia e tantos outros. Mais do que isso: a recepção positiva do primeiro dossiê deixou-nos ainda mais animadas para o lançamento deste segundo, aqui editado, e no qual procuramos organizar os artigos de modo a ilustrar a repercussão e as relações tecidas na e pela obra artaudiana desde os seus primeiros escritos, ainda ligados às vanguardas artísticas do início do século XX, até os dias de hoje, com sua forte influência na Performance Art e na cena contemporânea.

Biografia do Autor

Luciana da Costa Dias, PPGAC/ UFOP

Luciana da Costa Dias é Professora Associada da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e fundadora do Grupo de Pesquisa cadastrado no CNPq: Aporia: Estudos sobre Performance e Filosofia. É membro da Rede Performance Philosophy e foi pesquisadora visitante no Center for Performance Philosophy da University of Surrey, Reino unido, entre 2017 e 2018. É doutora em Filosofia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) com período sanduíche na Albert-Ludwigs-Universität Freiburg, Alemanha.

Tamira Mantovani Gomes Barbosa, PPGAC / UFOP
Tamira Mantovani Gomes Barbosa é atriz, performer e pesquisadora. Mestra em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), bacharela e técnica em teatro pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente investiga as conexões entre performance e filosofia, como pesquisadora do Grupo Aporia: Estudos sobre Performance e do Centro de Pesquisas Artísticas e Acadêmicas sobre Antonin Artaud, criado pelo Dr. Felipe Monteiro.