Memórias Fuligem: Performance Preta na Cena contemporânea

Palavras-chave: performance, Poéticas Negras, Cena Contemporânea, Escravidão

Resumo

Este trabalho se propõe a discutir o processo de criação da performance Fuligem (2019), para assim refletir de forma crítica sobre o corpo preto e as formas de escravidão contemporâneas. Nesse sentido, usei um repertório auto biográfico de composição para criar esta performance. Com isso, ao procurar o material para este trabalho, realizei trabalho de campo à Usina São Francisco em Ceará-Mirim, RN. Em seguida, construí um processo artístico em Performance Art que envolveu várias etapas, dentre elas: criação de foto performances e vídeo performances, de modo a criticar e recriar poeticamente as terríveis condições de trabalho dos boias-frias ainda hoje.

Biografia do Autor

João Francisco de Azevedo Neto, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

João Francisco de Azevedo Neto é Licenciado em Teatro pela na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, tendo sido bolsista do PIBITI (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação).

Naira Neide Ciotti, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Naira Ciotti é professor-performer. Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC/ SP. Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, orientou a realização da performance objeto deste artigo.

Referências

AZEVEDO NETO, João Francisco de. Fuligem: Performance preta na cena contemporânea. 2019. Performance complete disponível em https://vimeo.com/427152537 .

ALMEIDA, Sílvio Luiz. O que é racismo estrutural? Belo Horizonte: Letramento, 2018.

CIOTTI, N. Entrevista com Ayrson Heráclito. Manzuá: Revista de Pesquisa em Artes Cênicas, v. 2, n. 2, p. 6-17, 3 out. 2019. Disponível em https://periodicos.ufrn.br/manzua/article/view/18935 acesso 30/05/2020 . Acesso em 25 de maio 2020.

COUTINHO, Caio C. P. O progresso econômico do município de Ceará Mirim-RN. Monografia de Graduação em Economia, UFRN, Natal, 2016.

FANON, Frantz. Os condenados da Terra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979.

FANON, Frantz. Pele Negra, Máscaras Brancas. Salvador: EDUFBA, 2008.

KILOMBA, Grada. Memórias da Plantação: episódio de um racismo cotidiano. Rio de Janeiro: Cobogó, 2019.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. 3. ed. São Paulo: n-1 edições, 2018.

NOBRE, Manoel Ferreira. Breve Notícia sobre a Província do Rio Grande do Norte. 2ª. edição - Pongetti- 1971.

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO. Perfil dos principais envolvidos no trabalho escravo rural no Brasil. Brasília: OIT, 2011.

REPÓRTER BRASIL. O Brasil dos agrocombustíveis: impactos das lavouras sobre a terra, o meio e a sociedade - cana-de-açúcar. São Paulo: Repórter Brasil, 2009. Disponível em: http://reporterbrasil.org.br/documentos/o_brasil_dos _agrocombustiveis_v3.pdf . Acesso em 30 de maio 2020.

REPÓRTER BRASIL. O etanol brasileiro no mundo - Os impactos socioambientais causados por usinas exportadoras. São Paulo: Repórter Brasil, 2011. Disponível em: http://www.reporterbrasil.org.br/documentos/Canafinal_2011.pdf Acesso em 30 de maio 2020.

SAKAMOTO, Leonardo. Escravidão Contemporânea: São Paulo. Editora: Jaime Pinsky. 2020.

TERRA, Comissão Pastoral da. Conflitos no Campo Brasil 2018. Goiânia-GO: Centro de Documentação Dom Tomás Balduino. Disponível em: https://www.cptnacional.org.br/publicacoes-2/destaque/4687-conflitos-no-campo-brasil-2018. Acesso em 28 de maio de 2020.

Publicado
2020-12-05