Era uma vez um podcast. Os vínculos sonoros em “Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes”

  • José Eugenio de Oliveira Menezes Faculdade Cásper Líbero
  • Stephanie Cid Pertinhez Faculdade Cásper Líbero.
Palavras-chave: Vínculos. Ambientes Comunicacionais. Podcast. Garotas Rebeldes.

Resumo

O texto está voltado ao poder do som em expressões sonoras digitais. O objeto de pesquisa é o conjunto de podcasts “Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes”. O projeto teve 11 episódios, cada um trazendo a história de uma mulher que fez diferença no seu contexto histórico. Na elaboração dos podcasts destacaram-se os cuidados especiais com a sonoplastia e com a escolha das vozes das narradoras que leram as histórias. Dessa forma, o objetivo é pensar como esse produto sonoro consegue estabelecer vínculos com seu público e envolvê-lo em um ambiente comunicacional. Sendo assim, foram realizadas entrevistas fechadas com ouvintes para entender um pouco mais sobre como o produto sonoro afeta seu público. Consegue-se perceber, com a sonoplastia e com as vozes das narradoras, que os episódios dos podcasts estudados ampliam o potencial narrativo das histórias.

Biografia do Autor

José Eugenio de Oliveira Menezes, Faculdade Cásper Líbero
Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero. Orientador da pesquisa de iniciação científica de Stephaine Cid Pertinhez, desenvolvida no contexto do Projeto Cultura do Ouvir, Vínculos e Ambientes Comunicacionais, no âmbito do Grupo de Pesquisa Comunicação e Cultura do Ouvir.
Stephanie Cid Pertinhez, Faculdade Cásper Líbero.
Graduanda do curso de Jornalismo e pesquisadora de Iniciação Cientifica do Centro Interdisciplinar de Pesquisas - CIP - da Faculdade Cásper Líbero. Um resumo ampliado deste texto foi publicado no Caderno de Resumos do IV Seminário Brasil-Colômbia de Estudos e Práticas de Compreensão, realizado na Universidade Metodista de São Paulo - UMESP, em novembro de 2019.

Referências

Referências

B9 PODCASTS. Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes. Disponível em: < https://open.spotify.com/show/70aDNolDdT9Q52wZ3twIVk >. Acesso em: 10 set. 2019.

BAITELLO J., Norval. A carta, o abismo e o beijo. São Paulo: Paulus, 2018.

BAITELLO J., Norval. Corpo e imagem: comunicação, ambientes e vínculos. In: RODRIGUES, Davi (Org.). Os valores e as atividades corporais São Paulo: Sumus, 2008. p. 95-112.

BARTHES, Roland. O óbvio e o obtuso. São Paulo: Nova Fronteira, 1990

BERENDT, Joachim E. Nada Brahma: a música e o universo da consciência. São Paulo: Cultrix, 1983.

COUTO, Ana Luiza; MARTINO, Luís Mauro Sá. Dimensões da pesquisa sobre podcast: trilhas conceituais e metodológicas de teses e dissertações de PPGComs (2006-2017). Revista Rádio-Leituras, Mariana – MG, v.9, n.2, pp. 48-68, jul./dez. 2018. Disponível em: <https://periodicos.ufop.br/pp/index.php/radio-leituras/article/view/1394/1443>. Acesso em: 10 ago. 2029.

FAVILLI, Elena; CAVALLO, Francesca. Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes. São Paulo: V&R Editoras, 2017.

MENEZES, José Eugenio de O.; CARDOSO, Marcelo (Orgs.). Comunicação e Cultura do Ouvir. São Paulo: Plêiade, 2012. Disponível em: <http://casperlibero.edu.br/mestrado/livros-mestrado/>. Acesso em: 20 nov. 2019.

MENEZES, José Eugenio de O. Cultura do ouvir e ecologia da comunicação. São Paulo: UNI, 2016. Disponível em: <https://casperlibero.edu.br/wp-content/uploads/2014/07/CULTURA-DO-OUVIR.pdf>. Acesso em: 20 jun. 2019.

SILVA, Júlia Lúcia de O. Albano da. Rádio: oralidade mediatizada. São Paulo: Annablume, 1999.

ZUMTHOR, Paul. A letra e a voz. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

Publicado
2020-01-04
Edição
Seção
Artigos