Cartografia da produção de podcasts universitários no contexto da pandemia

Palavras-chave: Podcast, Podcast universitário, Cartografia, Pandemia, Covid-19

Resumo

Este artigo apresenta um mapeamento da produção de podcasts universitários que abordam a pandemia do novo coronavírus. Atacadas sistematicamente pelo Governo Federal, as universidades públicas mostraram à sociedade alguns dos seus compromissos, já que cursos da área da saúde se dedicaram à pesquisa científica enquanto os da comunicação a informar os cidadãos com clareza sobre a covid-19, ocupando rapidamente os vazios noticiosos existentes em várias regiões. A cartografia identificou 33 podcasts gerados de forma remota pelas instituições de ensino. O formato democratizou as diferentes produções de informações em áudio e foram distribuídas para além das ondas sonoras hertzianas, sendo publicadas em agregadores e compartilhadas em redes sociais on line.

Biografia do Autor

Luãn Chagas, Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)

Professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) e da Faculdade de Comunicação e Artes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPGCOM Uerj) com estágio doutoral na Universidad Complutense de Madrid (Espanha). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Coordenador do Projeto de Pesquisa em Áudio e Jornalismo (AudioJor-UFMT) e do Projeto de Extensão em Rádio e Podcast (Comunicast). Membro dos grupos de pesquisa Ciclo (Comunicação e Cidadania) e Mediações e Interações Radiofônicas listados no CNPq. Email: luaanchagas@gmail.com

Izani Mustafá, Universidade Federal do Maranhão

Jornalista por formação e professora adjunta da graduação e da Pós-Graduação de Comunicação Social/Jornalismo da Universidade Federal do Maranhão, campus Imperatriz. Doutora em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), coordena o Grupo de Pesquisa Rádio e Política no Maranhão (RPM), cadastrado no CNPq, e o GT História da Mídia Sonora da Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia (Alcar). É também integrante e pesquisadora do Grupo Rádio e Mídia Sonora da Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação e da RUBRA – Rede de Rádios Universitárias do Brasil. Pesquisa rádio, radiojornalismo, rádios universitárias e podcast.

Luana Viana, Universidade Federal de Juiz de Fora

Doutoranda em Comunicação pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Mestre em Comunica-ção pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Coordenadora do Projeto de Extensão Pequenos Ouvintes (UFOP) e membro do Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo (PPGCOM/UFOP) e do Grupo de Pesquisa Laboratório de Mídia Digital (PPGCOM/UFJF). E-mail: lviana.s@hotmail.com

Bruno Balacó, Universidade Federal do Ceará

Mestrando em Comunicação no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Ceará (PPGCOM-UFC), bacharel em jornalismo pela Unifor e especialista em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais pela Estácio. Membro do Grupo de Pesquisa Práxisjor – Práxis no Jornalismo (UFC). E-mail: brunoandersonfb@gmail.com.

Referências

A comunicação social das universidades. In: III Fórum Desempenho Acadêmico e Comparações Internacionais. USP, São Paulo, 16 de junho de 2020. Disponível em: .

ARNHEIM, Rudolf. Estética Radiofónica. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, 1980.

Atlas da notícia. Disponível em: .

BERRY, Richard. Mapping podcasts. Radio & Podcast Academic, Sunderland (UK), 28 de
dezembro de 2019. Disponível em: https://richardberry.eu/mapping-podcasts/. Acesso em maio
de 2020.

BOLTER, Jay David; GRUSIN, Richard. Remediation: Understanding new media. Cambridge: MIT Press, 1999.

BONINI, Tiziano. A “segunda era” do podcasting: reenquadrando o podcasting como um novo meio digital massivo. Tradução: Marcelo Kischinhevsky. Radiofonias — Revista de Estudos em Mídia Sonora, Mariana-MG, v. 11, n. 01, p. 13-32, jan./abr. 2020

Com quarentena, público muda consumo de músicas e podcasts. In: Exame, 8 de abril de 2020. Disponível em: . Acesso em:16 jun. 2020.

Covid-19 e Comunicação: um guia prático para enfrentar a crise. Porto Alegre: NER/UFRGS, 2020. Disponível em: .

Dossiê Podcasting e Remediação da Linguagem Radiofônica. V.11, N.1 | 2020.1. Disponível em: .

Entenda o corte de verba das universidades federais e saiba como são os orçamentos das 10 maiores. 18.05.2019. G1. Disponível em: .

GALLEGO PÉREZ, J. I. Podcasting. Nuevos modelos de distribuición para los contenidos sonoros. Barcelona: UOC Editorial, 2010.


Intercom 2019: professores e reitores pedem união e resistência na cerimônia de abertura. Belém, UFPA, 2019. Disponível em: .

In Vitro: Dossiê Covid-19. Disponível em:.

JUNG, Milton. Jornalismo de rádio: São Paulo: Contexto, 2004.

Kantar Ibope Media 2019. Disponível em: .

KISCHINHEVSKY, Marcelo. Rádio e mídias sociais: mediações e interações radiofônicas em plataformas digitais de comunicação. Rio de Janeiro: Mauad X, 2016.

KISCHINHEVSKY, Marcelo; MUSTAFÁ, Izani; MATOS, Cristiana Martins de. Cartografia das rádios universitárias do Brasil (1950-2016). Anais do 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Curitiba: Universidade Positivo, 2017.

KISCHINHEVSKY, Marcelo; MUSTAFÁ, Izani; HANG, Lorena; MATOS, Cristiana Martins de. História do Rádio Universitário no Brasil – Uma Primeira Abordagem. Anais do 11º Encontro Nacional de História da Mídia. São Paulo: Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2017.

KISCHINHEVSKY, Marcelo; MUSTAFÁ, Izani; VALE, Scarlat Suelen Guimarães. Rádio Universitárias no Brasil – Diversidade de estruturas e desafios à gestão. In:
Rádios universitárias: experiências e perspectivas. ALBUQUERQUE, Eliana; MEIRELES, Norma. (Orgs.). João Pessoa: Editora do CCTA, 2019.

KISCHINHEVSKY, Marcelo; MUSTAFÁ, Izani; MALERBA, João Paulo; MONTEIRO, Liana; RAMOS, Caio; BUSSINGER, Eliandra; KEBIAN, Giovana; CAÊ, Rodrigo. Rádios universitárias no Brasil. Diferentes modos de endereçamento de programação em fluxo. In: LIS. Letra. Imagen. Sonido. Ciudad mediatizada Año XI, #20, 2019 Buenos Aires, ARG.

KLÖCKNER, Luciano. O Repórter Esso: a síntese radiofônica mundial que fez história. Porto Alegre: AGE/ EDIPUC, 2008.

____________ Radiojornalismo de serviço: o rumo da AM em tempos de internet. XXIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - INTERCOM. Manaus, 2000.

LOPEZ, Debora Cristina. Radiojornalismo hipermidiático: tendências e perspectivas do jornalismo de rádio all news brasileiro em um contexto de convergência tecnológica. Covilhã: UBI/LabCom Books, 2010.

LOPEZ, Debora Cristina; ALVES, João. Apontamentos metodológicos para a análise de podcasts seriados. Anais do 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, Universidade Federal do Pará, 2 a 7 de setembro de 2019.

NEWMAN, Nick et al. Digital News Project. Oxford: Reuters Institute for the Study of Journalism, 2020

‘Na pandemia, o papel da universidade se mostra mais relevante que nunca’. In: Revista Veja. 12 de maio de 2020. Disponível em: .

Podcast Estatísticas Soundbite: Brazil In Bloom. Disponível em:
.

ROSÁRIO, Nísia Martins do. Cartografia na comunicação: questões de método e desafios metodológicos. In: MOURA, Claudia Peixoto; LOPES, Maria Immacolata Vassalo de. Pesquisa em Comunicação: metodologias e práticas acadêmicas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016.

Spotify chega a 286 milhões de usuários e a 1 milhão de podcasts. Disponível em: . Acesso em: 16 jun. 2020.

ZUCULOTO, Valci. A programação das rádios públicas brasileiras. Florianópolis: Ed. Insular, 2012.
Publicado
2021-01-31
Seção
Artigos