Entre silêncio e tagarelice

esboço para uma linguagem feminina a partir da "Metafísica da juventude"

  • Isabela Pinho
Palavras-chave: Linguagem, Feminino, Tagarelar, Witz

Resumo

Neste artigo, parto de uma contextualização histórica do ensaio “Metafísica da juventude” de Walter Benjamin para compreender o que o filósofo concebe como uma linguagem feminina. Entre silêncio e tagarelice, a linguagem feminina poderá ser pensada como experiência da dizibilidade da linguagem, de sua própria comunicabilidade, dada sua caracterização como wahnwitzig, “língua louca”. Como raiz desse adjetivo encontro o Witz, o chiste. É esse achado que me leva às considerações lacanianas sobre lalíngua, experiência feminina da linguagem em que chistes, equívocos e homófonos se dão. Em um último momento, analiso alguns fragmentos da Infância Berlinense para pensar a experiência infantil da língua materna ali presente em uma relação com as considerações benjaminianas de 1913 sobre a linguagem feminina, mostrando que essa questão não se reduz a um período juvenil e ingênuo de Walter Benjamin, mas permeia sua obra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Experimentum linguae: a experiência da língua. Trad. Cláudio Oliveira. Rio de Janeiro: Circuito, 2018.
BENJAMIN, Walter. A doutrina das semelhanças. Magia, técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura (Obras escolhidas, v. 1). Trad. Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.
BENJAMIN, Walter. A morte do pai. In: Patrícia Lavelle (Org.). A arte de contar histórias. Trad. Marcelo Backes. São Paulo: Hedra, 2018.
BENJAMIN, Walter. A tarefa do tradutor. In: Jeanne-Marie Gagnebin (Org.). Escritos sobre mito linguagem. Trad. Susana Kampff Lages. São Paulo: Editora 34, 2011, p. 106.
BENJAMIN, Walter. Briefe I. Gershom Scholem e Theodor Adorno (Orgs.). Frankfurt: Suhrkamp Verlag, 1966.
BENJAMIN, Walter. Carta de Benjamin à Gustav Wyneken. In: Patrícia Lavelle (Org.). Walter Benjamin: Cahier de l’herne. Trad. Didier Renault. Paris: Éditions de L’herne, 2013.
BENJAMIN, Walter. Charles Baudelaire: um lírico no auge do capitalismo. Trad. José Martins de Barbosa, Hemerson Alves Baptista. São Paulo: Brasiliense, 1991
BENJAMIN, Walter. Correspondances I (1910-1928). Trad. Guy Petitdemange. Paris: Éditions Aubier-Montaigne, 1979.
BENJAMIN, Walter. Infância em Berlim por volta de 1900. Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho, José Carlos Martins Barbosa. São Paulo: Brasiliense, 2011 [Berliner Kindheit um Neunzehnhundert, Gesammelte Schriften, Bd.VII, II. Frankfurt: Suhrkamp Verlag, 1985].
BENJAMIN, Walter. Johann Jakob Bachofen. Walter Benjamin: o anjo da história. Trad. João Barrento. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2012.
BENJAMIN, Walter. Livro O, prostituição, jogo. Passagens. Trad. Irene Aron e Cleonice Paes Barreto Mourão. Belo Horizonte: Ed. UFMG; São Paulo: Imprensa oficial do Estado de São Paulo, 2009.
BENJAMIN, Walter. Metaphysik der Jugend. In: Rolf Tiedemann e Hermann Schweppenhäuser. (Orgs.). Gesammelte Schriften, II, I. Frankfurt: Suhrkamp, 1977.
BENJAMIN, Walter. Sobre a linguagem em geral e sobre a linguagem do humana. In: Jeanne-Marie Gagnebin (Org.). Escritos sobre mito e linguagem (1915-1921). Trad. Susana Kampff Lages e Ernani Chaves. São Paulo: Editora 34, 2011, p. 212-156.
CAMPOS, Haroldo. O afreudisíaco Lacan na galáxia de lalíngua (Freud, Lacan a escritura). Afreudite: Revista Lusófona de Psicanálise Pura e Aplicada, Porto, v. 1, n. 1, mar. 2005. Disponível:https://revistas.ulusofona.pt/index.php/afreudite/article/view/824 Acesso em: 25 ago. 2020.
FREUD, Sigmund. Os chistes e a sua relação com o inconsciente (1905). Obras completas: edição standard brasileira (Vol. VIII). Trad. Jayme Salomão. Rio de Janeiro: Imago, 1996.
FREUD, Sigmund. Totem e tabu (Obras completas, volume 11). Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.
GAY, Peter. A república de Weimar. Trad. Laura Lúcia da Costa Braga. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.
IRIGARAY, Luce. Este sexo que não é só um sexo. Trad. Cecília Prada. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2017.
LACAN, Jacques. Alla Scuola Freudiana [1974]. Lacan in Italia: 1953-1978. Milão: La Salamandra, 1978.
LACAN, Jacques. Encore (Seminário XX). Trad. Analucia Teixeira Ribeiro. Rio de Janeiro: Escola Letra Freudiana, 2010. Disponível em: http://staferla.free.fr/S20/S20.htm Acesso em: 25 ago. 2020.
LACAN, Jacques. Le séminaire XXIII: Le sinthome. Paris: Éditions du Seuil, 2005.
LACAN, Jacques. O aturdito. Outros escritos. Trad. Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.
LACAN, Jacques. O saber do psicanalista. Trad. Ana Izabel Correia, Letícia Fonseca, Nanette Frej. Recife: Centro de Estudos Freudianos de Recife (tradução de circulação interna), 2000. Disponível em: http://staferla.free.fr/S20/S20.htm Acesso em: 25 ago. 2020.
LAVELLE, Patrícia. Religion et histoire: sur le concept d'expérience chez Walter Benjamin. Paris: Les Éditions du Cerf, 2008.
MATOS, Olgária. Discretas esperanças: reflexões filosóficas sobre o mundo contemporâneo. São Paulo: Nova Alexandria, 2006.
MILNER, Jean-Claude. O amor da língua. Trad. Paulo Sérgio de Souza Jr. Campinas: Editora Unicamp, 2012.
MURICY, Kátia. Alegorias da dialética: imagem e pensamento em Walter Benjamin. Rio de Janeiro: Nau Editora, 2009.
NOVALIS. Monólogo. Pólen, fragmentos. Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho. São Paulo: Iluminuras, 1988.
PINHO, Isabela. Experimentum linguae: um encontro entre Agamben e Lacan. In: Ana Carolina Martins, Caio Paz, Isabela Pinho e Juliana de Moraes (Orgs.). AGAMBiarra: escritos sobre a filosofia de Giorgio Agamben. Coleção X. Rio de Janeiro: Ape’ku, 2020, p. 181-202.
PINHO, Isabela. Sobre o tagarelar feminino: de Walter Benjamin a Jacques Lacan. Gewebe: Cadernos Walter Benjamin, Fortaleza, v. 20, n. 20, jan./jun. 2018. Disponível em: http://gewebe.com.br/cadernos_vol20.htm Acesso em: 25 ago. 2020.
PINHO, Isabela. Tagarelar (schwätzen): itinerários entre linguagem e feminino. Minas Gerais: Editora Relicário; , Rio de Janeiro: Editora PUC-rio, 2021 (no prelo).
PULLIERO, Marino. Le désir d’authenticité: Walter Benjamin et l’héritage de la Bildung allemande. Paris : Hermann Éditeurs, 2013.
RICKERT, Heinrich. Extraits du séminaire sur la vie accomplie. In: Patrícia Lavelle (Org.). Walter Benjamin: Cahier de l’herne. Trad. Patrícia Lavelle. Paris: Éditions de L’herne, 2013.
SCHOLEM, Gershom. Correspondências. Trad. Neusa Soliz. São Paulo: Perspectiva, 1991.
Publicado
2020-09-26