Voltar aos Detalhes do Artigo Rancière: história, narrativa, indiferença Baixar Baixar PDF