A imagem dos deuses nos poemas homéricos

  • Antonio Orlando Dourado-Lopes

Resumo

Este estudo consiste em uma breve reflexão sobre as duas principais características da apresentação do divino nos poemas homéricos: o esplendor e o corpo antropomórfico. A dificuldade de se conciliar ambas as características cria a intrigante complexidade das narrativas de intervenção divina na Ilíada e na Odisseia. Os dois poemas investem no potencial imagético dessas situações para explorar os limites do conhecimento humano, que recebe das Musas mais do que consegue entender.
Publicado
2017-04-20
Seção
Filosofia da imagem e da imaginação