Anúncio do mundo, prejuízos do comportamento teórico e pensamento poético em Heidegger

  • Andreia Aparecida Marin

Resumo

No presente texto, discuto a crítica de Heidegger ao comportamento teórico e a consideração do comportamento poético como alternativa à radicalidade da representação. O ponto central do texto é a análise da desmundanização do ente intramundado e do anúncio do mundo operado a partir da ruptura da manualidade. Ilustro a discussão fazendo uma digressão aos “Carreteis” de Iberê Camargo, que desenvolveu a expressão de um mundo originário, fazendo da imagem do ente – instrumento (Zeug) – um ser simplesmente dado, singular, não subsumido nas determinações do sujeito, mas ao encontro do Dasein.
Publicado
2017-04-20
Seção
Estética contemporânea