Arquitetura de vigilância

  • Pierre Magne
Palavras-chave: Arquitetura, Espaço, Poder.

Resumo

A arquitetura tem um alcance político que não aparece se nós a apreendemos como um instrumento material entre outros de que os interesses dominantes se servem. Este atalho passa pelas potencialidades do espaço. Foucault não vai da política à arquitetura, mas do espaço ao poder. Ele analisa o espaço como uma forma-matriz que carrega um funcionamento singular de poder: a vigilância. Veremos que esta inversão esclarece de uma maneira nova o que se passa com os sujeitos sobre os quais o poder se exerce. É na medida em que somos sujeitos ao espaço que nós somos sujeitos do poder
Publicado
2017-04-25
Edição
Seção
Arte . Política