Números complexos e grandezas elétricas vetoriais sob a ótica da Teoria dos Registros das Representações Semióticas

Resumo

Este artigo aborda como o conceito matemático de número complexo é apresentado em alguns livros didáticos adotados na disciplina Circuitos Elétricos, no que se refere à presença de representações semióticas dos números complexos e das representações semióticas das grandezas elétricas relacionadas. O embasamento teórico foi dado pela Teoria dos Registros de Representações Semióticas de Raymond Duval e os procedimentos metodológicos procuraram seguir a Metodologia de Análise de Conteúdo de Laurence Bardin. Estabelecidas as categorias de análise, buscou-se investigar de forma qualitativa e quantitativa a presença de representações semióticas de números complexos e de grandezas elétricas em quatro livros didáticos, e as transformações cognitivas dessas representações. Concluiu-se que, nesses livros, as representações algébricas cartesianas e algébricas polares predominam nas abordagens dos números complexos e, em consequência, também predominam as conversões desses tipos de representações. Este artigo mostra a aplicabilidade da Teoria dos Registros de Representações Semióticas em áreas afins da Matemática.

Palavras-chave: Educação Matemática. Análise de livros didáticos. Números complexos. Grandezas elétricas vetoriais. Teoria dos Registros de Representações Semióticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGRICCO JUNIOR, Renato Cesar. Números Complexos e Grandezas Elétricas: análise de livros didáticos apoiada na teoria dos registros de representações semióticas. 2017. 215f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática). Universidade Anhanguera de São Paulo. São Paulo.

ALEXANDER, Charles K.; SADIKU, Matthew N. O. Fundamentos de Circuitos Elétricos. Tradução de Ariovaldo Griesi. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2008.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa, Portugal: Edições 70, 2016.

BOYLESTAD, Robert L. Introdução à Análise de Circuitos. Tradução de José Lucimar do Nascimento.10. ed. São Paulo: Pearson, 2004.

DORF, Richard C.; SVOBODA, James A.. Introdução aos Circuitos Elétricos. Tradução: Ronaldo Sérgio de Biasi. 8ª ed. São Paulo: Pearson, 2012.

DUVAL, Raymond. Registres de représentation sémiotique et fonctionnement cognitif de la pensée. Annales de Didactique et de Sciences Cognitives. Strasbourg: IREM, v. 5, 1993, p. 37-65.

DUVAL, Raymond. Semiosis et Pensée Humaine. Registres sémiotiques et appprentissages intellectuels. Bern: Peter Lang, 1995.

DUVAL, Raymond. Registros de representações semióticas e funcionamento cognitivo da compreensão em Matemática. In: MACHADO, Silvia Dias Alcântara. (Org). Aprendizagem em Matemática: registros de representação semiótica. Campinas: Papirus, 2003. p. 11-33.

DUVAL, Raymond. Semiósis e Pensamento Humano: registros semióticos e aprendizagens intelectuais. São Paulo: Livraria da Física, 2009.

DUVAL, Raymond. Ver e ensinar a Matemática de outra forma: entrar no modo matemático de pensar: os registros de representações semióticas. São Paulo: Proem, 2011.

HILBURN, John L.; JOHNSON, Johnny Rey; JOHNSON, David E. Fundamentos de análise de circuitos elétricos. Tradução de Onofre de Andrade Martins e Marco Antonio Moreira de Santis. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2000.

NILSSON, James W.; RIEDEL, Susan A. Circuitos Elétricos. Tradução de Sonia Midori Yamamoto. 8. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

SANTAELLA, Lúcia. O que é Semiótica. 32. ed. São Paulo: Brasiliense, 2012.

Publicado
2019-05-01
Seção
Artigos