Progressões Aritmética e Geométrica: visões a partir dos livros de Aritmética e Álgebra de Serrasqueiro e Ottoni

Resumo

Resumo: Ao olhar para livros didáticos utilizados no Brasil, percebe-se que as Progressões estiveram presentes dentre os conteúdos de Aritmética e de Álgebra, oscilando entre esses campos ao longo do século XIX. Este artigo é um recorte de uma pesquisa e tem como objetivo investigar de que forma as Progressões se configuraram nas propostas para o ensino de Matemática na escola secundária no século XIX em obras didáticas de Álgebra e de Aritmética. Os livros Tratado Elementar de Arithmetica e Tratado de Algebra Elementar do português José Adelino Serrasqueiro e Elementos de Arithmetica e Elementos de Algebra do brasileiro Cristiano Benedito Ottoni, foram considerados para análise, especialmente por terem sido adotados no Colégio Pedro II, instituição referência para o ensino secundário brasileiro durante o século XIX.

Palavras-chave: Colégio Pedro II. Ensino secundário. Progressões. Adelino Serrasqueiro. Cristiano Ottoni.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Gilberto Luiz. (Org.). Textos escolares no Brasil: clássicos, compêndios e manuais didáticos. Campinas: Autores Associados, 2015.

BELTRAME, Josilene. Os programas de ensino de Matemática do Colégio Pedro II: 1837-1932. 2000. 267f. Dissertação (Mestrado em Matemática) – Departamento de Matemática. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Em foco: história, produção e memória do livro didático (Apresentação). Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 30, n. 3, p. 471-473, set./dez. 2004.

CARR, Edward Hallet. Que é História? Tradução Lúcia Mauricio de Alverga. 8. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

CORRÊA, Rosa Lydia Teixeira Corrêa. O livro escolar como fonte de pesquisa em História da Educação. Cadernos Cedes, Campinas, v. 20, n. 52, p. 11-24, nov. 2000.

FARIA FILHO, Luciano Mendes de; VIDAL, Diana Gonçalves. Os tempos e os espaços escolares no processo de institucionalização da escola primária no Brasil. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 14, p. 19-34, maio/ago. 2000.

GALVÃO, Ana Maria de Oliveira; LOPES, Eliane Marta Teixeira. Território plural: a pesquisa em História da Educação. São Paulo: Ática, 2010.

GARNICA, Antonio Vicente Marafioti; SOUZA, Luzia Aparecida de. Elementos de História da Educação Matemática. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012.

HENRIQUES, Helena Castanheira; OLIVEIRA, Cristina Teles de; MAGALHÃES, Fernando. O tributo do ensino militar na escolarização matemática. In: CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 13, 2011, Recife. Anais da XIII CIAEM. Recife: CIAEM, 2011, p. 1-13.

JULIA, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de História da Educação, Campinas, v. 1, n. 1, p. 9-43, jan./jun. 2001.

MIGUEL, Antônio; MIORIM, Maria Ângela. Os logaritmos na cultura escolar brasileira. Campinas, Rio Claro: Gráfica da FE-Unicamp / Sociedade Brasileira de História da Matemática, 2002.

OTTONI, Chiristiano Benedicto. Elementos de Algebra. 8. ed. Rio de Janeiro: Livraria Classica de Alves e Comp., 1893.

OTTONI, Christiano Benedicto. Elementos de Arithmética. 2. ed. Rio de Janeiro: Tipographia Universal de Laemmert, 1855.

SERRASQUEIRO, José Adelino. Tratado de Algebra Elementar. 12. ed. Coimbra: Livraria Central de J. Diogo Pires – Sucessoras, 1918.

SERRASQUEIRO, José Adelino. Tratado Elementar de Arithmetica. 20. ed. Coimbra: Livraria Central de J. Diogo Pires – Sucessoras, 1919.

SHUBRING, Gert. Pesquisar sobre a história do ensino da Matemática: metodologia, abordagens e perspectivas. In: ENCONTRO DE INVESTIGAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, XII, Beja. Actas do XII EIEM, Beja: SPCE (Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação), 2004, p. 5-20.

SILVA, Circe Mary Silva da. O livro didático de Matemática do Brasil no século XIX. In: FOSSA, John Andrew. (Org.). Facetas do Diamante: ensaios sobre Educação Matemática e História da Matemática. Rio Claro: Editora da SBHMat, 2000, p. 109-162.

SOARES, Magda Becker. Um olhar sobre o livro didático. Presença Pedagógica, Belo Horizonte, v. 2, n. 12, p. 53-63, nov./dez. 1996.

VALENTE, Wagner Rodrigues. Uma História da Matemática Escolar no Brasil (1730-1930). São Paulo: Annablume, 1999.

VECHIA, Ariclê; LORENZ, Karl Michael. Programas de ensino da escola secundária brasileira: 1850-1951. Curitiba: Editora do Autor, 1998.

Publicado
2019-05-01
Seção
Artigos