A expressão “mulher honesta” e a identidade cultural masculina: uma reflexão

Izabel Cristina da Silva

Resumo


Este trabalho objetiva tratar, de maneira panorâmica, a identidade cultural masculina, partindo de princípios e referências do Direito e adotando alguns conceitos de Stuart Hall (2006) e de Krieg-Planque (2010), com vistas a comentar como expressões utilizadas na sociedade brasileira significam aspectos patriarcais e preconceituosos em relação ao comportamento sexual feminino. 


Palavras-chave


Identidade cultural masculina; análise do discurso; fórmulas e cristalização; mulher honesta; machismo; patriarcalismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Caletroscópio - Revista do Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Ouro Preto

ISSN (on-line): 2318-4574 

Qualis CAPES: A4 (2017-2018)

Qualis CAPES: B2 (2013-2016)


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional