O aplicativo de rádio como uma (nova) experiência midiatizada de escuta

testes europeus e premissas brasileiras para desenvolvimento de um novo software

  • Daniel Gambaro Programa de Pós-graduação em Comunicação, Universidade Anhembi Morumbi
Palavras-chave: Rádio, Smartphone, Aplicativo, Experiências Midiatizadas de Escuta

Resumo

O artigo discute como um aplicativo desenvolvido para smartphones pode ajudar o rádio a se reinserir no ecossistema midiático em posição de igualdade com os serviços que, hoje, oferecem novas experiências midiatizadas de escuta, como as plataformas de streaming e podcasts. São apresentados exemplos e testes europeus para apontar caminho de desenvolvimento do software e possíveis novas funções, complementares ao fluxo radiofônico. Em seguida, são listadas algumas premissas que devem nortear o desenvolvimento de um aplicativo brasileiro.

Biografia do Autor

Daniel Gambaro, Programa de Pós-graduação em Comunicação, Universidade Anhembi Morumbi

Docente permanente do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Anhembi Morumbi.

Pós-doutor junto ao Programa de Pós-graduação em Computação, Comunicação e Arte da Universidade Federal da Paraíba. Doutor e Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Meios e Processos Audiovisuais da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

Referências

AHLKVIST, J. A. Programming philosophies and the rationalization of music radio. Media, Culture and Society, vol.23, n.3, p. 339-358, 2001. Disponível em: https://doi.org/10.1177/016344301023003004. Acessado em 15.set.2017
ATIVAÇÃO do chip FM no celular e Programa Digitaliza Brasil estão em portarias do MCom. Portal Abert. Seção Notícias, Brasília, s.i., 05.mai.2021. Disponível em: https://www.abert.org.br/web/notmenu/ativacao-do-chip-fm-no-celular-e-programa-digitaliza-brasil-estao-em-portarias-do-mcom.html. Consultado em 13.set.2021.
BOONEN, M (ed.). HRadio D5.3: Final Report on pilot evaluation. S.i.: Project HRadio, 2018. Disponível em: https://www.hradio.eu/dissemination-1. Acesso em 14.set.2021.
BRASIL. Portaria MCOM 2.523, de 04 de maio de 2021. Diário Oficial da União: Seção 1. Brasília, DF, ano 159, nº 83., p. 11. 05.mai.2021. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-mcom-n-2.523-de-4-de-maio-de-2021-317897795. Consultado em 13.set.2021.
CASAGRANDA, P. et al. A framework for a context-based Hybrid Content Radio. In IBC 2015 Conference, 2015, Amsterdã. Anais…. S.i., 2015. Disponível em https://iris.unito.it/handle/2318/1558201#.YUAShiuSm3A. Acesso em 13.set.2021
CASAGRANDA, P.; SAPINO, M. L.; CANDAN, K. S. Context-Aware Proactive Personalization of Linear Audio Content. In International Conference on Extending Database Technology (EDBT), 20, 2020, Veneza. Proceedings […]. S.i.: Openproceedings, 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5441/002/edbt.2017.73. Acesso em 10/08/2021.
COULDRY, N.; HEPP, A. The mediated construction of reality: society, culture, mediatization. Cambridge: Malden: Polity Press, 2017.
DAELEMANS, F (ed.). HRadio D2.2. User Evaluation Report. S.i.: Project HRadio, 2018. Disponível em: https://www.hradio.eu/dissemination-1. Acesso em 14.set.2021.
DEL BIANCO, N. R. E o rádio, vai morrer na era da convergência tecnológica? In Dângelo, N. SOUZA, S. S. G. (org). Noventa anos de rádio no Brasil. Uberlândia: Edufu, 2016, p. 37-54.
DEL BIANCO, N.R.; PRATA, N. Ainda é preciso falar sobre rádio digital: elementos para retomada do debate sobre a digitalização da transmissão terrestre no Brasil. In Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 43, 2020, Salvador. Anais [...] São Paulo: Intercom, 2020. Disponível em: https://portalintercom.org.br/anais/nacional2020/index.htm. Acesso em 10/08/2021.
ETSI. TS 103 632. Digital Audio Broadcast (DAB); Open Mobile Radio Interface (OMRI); Aplication Programming Interface (API). Cedex: 2018. Disponível em: https://portal.etsi.org/home.aspx. Acesso em 18.ago.2021.
ETSI. TS 103 270. RadioDNS Hybrid Radio. Hybrid Lookup for radio services. Cedex: ETSI, 2019. Disponível em: https://portal.etsi.org/home.aspx. Acesso em: 13.set.2021.
FERRARETTO, L. A. Rádio: o veículo, a história e a técnica. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 2001.
FERRARETTO, L. A. Inquietudes e tensionamentos: pistas para a compreensão do futuro do rádio comercial em sua fase de convergência. Intexto, vol. 34, p. 214-235, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.19132/1807-8583201534.214-235. Acesso em 13.set.2021
GAMBARO, D. Rádio e tecnologias: os novos espaços e caminhos possíveis do meio sonoro. Dissertação (Mestrado em Meios e Processos Audiovisuais) – ECA-USP, São Paulo, 2011.
GAMBARO, D. A instituição social do rádio: (Re)agregando as práticas discursivas da in-dústria no ecossistema midiático. Tese (Doutorado em Meios e Processos Audiovisuais) – ECA-USP, São Paulo, 2019.
GAMBARO, D. Experiências Midiatizadas de Escuta: como o rádio se insere no ecossistema midiático atual. Revista Famecos, v.28, n.1, 2021 Disponível em: https://doi.org/10.15448/1980-3729.2021.1.37141. Acesso em 26.ago.2021.
GAMBARO, D; BECKER, V. Uma definição de experiência para o campo do audiovisual: diálogo entre Adriano D. Rodrigues e Lev S. Vigotski. In Encontro Anual da Compós, 30, 2021, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: Galoá, 2021. Disponível em: https://proceedings.science/p/130151?lang=pt-br. Acesso em 09/ago/2021.
GREVE, H. Patterns of Competition: The Diffusion of a Market Position in Radio Broadcasting. Administrative Science Quarterly, vol. 41, n.1, 29-60, 1996. Disponível em: https://doi.org/10.2307/2393985. Acesso em 18.nov.2018
GRUPO DE MÍDIA SP. Mídia Dados Brasil 2021. São Paulo: Grupo de Mídia SP, 2021. Disponível em: https://midiadadosgmsp.com.br/2021/. Acesso em 14.set.2021.
HERREROS, M. C. La radio en internet: de lo ciberradio a las redes sociales y la radio móvil. Buenos Aires: La Crujia, 2008
HJARVARD, S. The mediatization of culture and society. Londres: Routledge, 2013.
KISCHINHEVSKY, M. Rádio e mídias sociais: Mediações e interações radiofônicas em plataformas digitais de comunicação. Rio de Janeiro: Mauad X, 2016.
JENKINS, H.; FORD, S.; GREEN, J. (2013). Spreadable media: Creating value and meaning in a networked culture [Versão Kindle]. Londres: Nova York: New York University Press, 2013.
LOPEZ, D. C. Radiojornalismo hipermidiático: tendências e perspectivas do jornalismo de rádio all news brasileiro em um contexto de convergência tecnológica. Covilhã: Labcom Books, 2010.
MANOVICH, L. 100 Billion Data Rows per Second: Media Analytics in the Early 21st Century. International Journal of Communication, vol. 12, 2018, p. 473–488. Disponível em: https://ijoc.org/index.php/ijoc/article/view/6160. Acesso em 10/08/2021.
MIÈGE, B. A sociedade tecida pela comunicação: técnicas da informação e da comunicação entre inovação e enraizamento social. São Paulo: Paulus, 2009
ORTIZ, R. Cultura brasileira e identidade nacional. São Paulo: Brasiliense, 1994, 5ª ed.
ORTIZ, R. A moderna tradição brasileira. São Paulo: Brasiliense, 2006, 5ª ed.
ORTRIWANO, G.S. A informação no rádio: os grupos de poder e a determinação de conteúdo. São Paulo: Summus, 2001, 4ª ed..
PARISER, E. (2012). O filtro invisível: o que a internet está escondendo de você. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2012.
PLUSKOTA, J. P.. The Perfect Technology: Radio and Mobility. Journal of Radio & Audio Media, vol. 22, n. 2, p. 325-336, 2015. Disponível em http://dx.doi.org/10.1080/19376529.2015.1083378. Acesso em 17/jul/2017.
POELL, T.; NIEBORG, D.; VAN DJICK, J. Plataformização. Revista Fronteiras – Estudos Midiáticos, Porto Alegre, vol. 22, n. 1, p. 2-10. janeiro/abril 2020. Disponível em: https://doi.org/10.4013/fem.2020.221.01.
POSSAS, M. S. Concorrência e competitividade: notas sobre estratégia e dinâmica seletiva na economia capitalista. Tese (doutorado) - Unicamp, Instituto de Economia, Campinas, 1993. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286024. Acesso em 18.jul.2018.
PRATA, N.; DEL BIANCO, N. R. Impacto da migração do rádio AM para o FM no Brasil. In N PRATA, N.; DEL BIANCO, N. R. (org.) Migração do rádio AM para FM – Avaliação de impacto e desafios frente à convergência tecnológica. Florianópolis: Insular, 2018, p. 39-62.
HOLLEDERER, S (ed.). HRadio D2.1: HRadio User Scenarios. S.i.: Project HRadio, 2017. Disponível em: https://www.hradio.eu/dissemination-1. Acesso em 14.set.2021.
SILVA, S. P.; SANTOS, R. S. O que faz sucesso em podcast? Uma análise comparativa entre podcasts no Brasil e nos Estados Unidos em 2019. Radiofonias — Revista de Estudos em Mídia Sonora, v. 11, n. 01, p. 49-77, jan./abr. 2020. Disponível em: https://bit.ly/33u5tqS. Acesso em 31/08/2020
SODRÉ, M. Antropológica do Espelho: uma teoria da comunicação linear e em rede. Petrópolis: Vozes, 2008.
STRATE, L. A Media Ecology Review. Communication Research Trends, vol. 23, n. 2, p. 3-48, 2004. Disponível em: http://cscc.scu.edu/trends/v23/v23_2.pdf. Acessado em 23.fev.2020
THE RADIO DNS PROJECT. RadioTAG Technical Specification. Draft 7. S.i., 2015. Disponível em https://radiodns.org/wp-content/uploads/2014/02/rtag01_v100_draft_7.pdf. Acesso em 14.set.2021
UNESCO. Avaliação do Desenvolvimento da Internet no Brasil. Usando os Indicadores de Universalidade da Internet DAAM-X. Paris, UNESCO, 2021. Disponível em: https://cgi.br/media/docs/publicacoes/8/20210217115717/avaliacao_do_desenvolvimento-da-internet-no-brasil.pdf. Acesso em: 10/08/2021
VICENTE, E. Do rádio ao podcast: As novas práticas de produção e consumo de áudio. In SOARES, R.L.; SILVA, G. Emergências periféricas em práticas midiáticas. São Paulo: Kritikos, 2018, p.88-107.
WEITNAUER. M (ed.) D2.4 Final Reference Architecture Specification and Integration Report. S.i.: ORPHEUS Consortium Parties, 2018. Disponível em: https://www.orpheus-audio.eu/public-deliverables/. Acesso em 14.set.2021
WILLIAMS, R. Marxismo y literatura, 2ª ed. Barcelona: Ediciones Península, 2000.
WU, T. Blind Spot: The Attention Economy and the Law. Antitrust Law Journal, vol. 82, n. 3, 2017, p. 771-806. Disponível em: http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.2941094. Acesso em 10/08/2021.
ZIEGLER, L. D. Radio as Numbers: Counting Listeners in a Big Data World. Journal of Radio & Audio Media, vol. 23, n. 1, 2016, p. 182-185. Disponível em: http://doi.org/10.1080/19376529.2016.1156398. Acesso em 10/08/2021
ZUCULOTO, V. R. M. No ar: a história da notícia de rádio no Brasil. Florianópolis: Insular, 2012.
Publicado
2022-01-14
Seção
Artigos