O ensino de Literaturas na Base Nacional Comum Curricular do Ensino médio: apontamentos críticos

Palavras-chave: Formação de leitores; Ensino de literatura; Leitura crítica.

Resumo

O ensino de literatura que existe na escola de educação básica brasileira não consegue satisfazer as problemáticas históricas no setor da educação no país, fazendo com que muitos estudantes se sintam frustrados nos processos de formação literária. Levando isso em consideração, este estudo propôs investigar como se dá o ensino de literatura e a formação de leitores na transição do Ensino Fundamental para o Ensino Médio, além de contribuir para o desenvolvimento conceitual dos estudos acerca da formação literária. Para isso, analisamos os documentos oficias da educação, com foco na Base Nacional Comum Curricular (2018), de forma que foi possível alçar conclusões sobre a falta de praticidade do documento enquanto orientador para a formulação dos currículos escolares. Além disso, ao longo do estudo foi debatida a necessidade de propostas que reivindiquem a melhoria na formação docente e ao não silenciamento das particularidades e vivências dos alunos.

Biografia do Autor

Gabriela Mendes Morais, Universidade Federal de Ouro Preto

Estudante do curso de Letras - Licenciatura em Língua Portuguesa pela Universidade Federal de Ouro Preto. Seus interesses de trabalho e pesquisa se situam no campo do ensino de língua portuguesa e literatura, das práticas de letramento literário e dos estudos sociológicos. 

Rodrigo Corrêa Martins Silva Machado, Universidade Federal de Ouro Preto

Professor Adjunto do Departamento de Letras da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Graduado em Letras - Português e Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), mestre em Letras por essa mesma instituição, doutor em Estudos de Literatura pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Possui pós-doutorado em Linguística Aplicada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atua no Programa de Pós-Graduação em Letras da UFOP. Os seus interesses de pesquisa se focalizam nas relações entre literatura e cultura, literatura e decolonialidade, ensinos de literaturas, literaturas de língua portuguesa, literatura LGBTQIA+.

Referências

ABREU, Márcia. Cultura letrada: literatura e leitura. São Paulo: Editora UNESP, 2006.

AMORIM, Marcel Álvaro de; CARVALHO, Álvaro Monteiro. Linguística aplicada e ensino: língua e literatura. Campinas: Pontes, 2013.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BARTHES, Roland. O rumor da língua. São Paulo: Brasiliense, 1988.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: Ministério da Educação, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Fundamental. Brasília: Ministério da Educação, 1997.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Brasília: Ministério da Educação, 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Orientações Curriculares para o ensino Médio. Brasília: Ministério da Educação, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: Ministério da Educação, 2018.

CÂNDIDO, Antonio. O direito à literatura. In: CÂNDIDO, Antonio. Vários Escritos. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2011.

CECHINEL, André. Semiformação Literária: a instrumentalização da literatura na nova BNCC. Educação & Realidade. Porto Alegre, v. 44, n. 4, 2019.
COLOMER, Teresa. Andar entre livros: a leitura literária na escola. São Paulo: Global, 2007.

COLOMER, Teresa. A formação do leitor literário. São Paulo: Global, 2003.

COMPAGNON, Antoine. Literatura para quê? Belo Horizonte: Editora UFMG, 2009.

GERHARDT, Ana Flávia Lopes Magela; AMORIM, Marcel Álvaro de. A BNCC e o ensino de línguas e literaturas. Campinas: Pontes Editores, 2019.

JAUSS, Hans Robert. A história da literatura como provocação à teoria literária. São Paulo: Ática, 1984.

KLEIMAN, Ângela. Texto e leitor: aspectos cognitivos da leitura. Campinas: Pontes, 1995.

KOCH, Ingedore Vilaça; ELIAS, Vanda M. Ler e Compreender os Sentidos do Texto. São Paulo: Contexto, 2006.

Rodrigo Corrêa Martins Silva Machado. Leitura literária na escola: algumas reflexões sobre o ensino de literatura na educação básica. In: AMORIM, Marcel Álvaro de (org.). Ensino de literaturas: perspectivas em Linguística Aplicada. Campinas: Pontes Editores, 2017.

Rodrigo Corrêa Martins Silva Machado. Ensino de literatura: discussão necessária e questão política. Pensar a Educação em Revista. Florianópolis/Belo Horizonte, ano 5, vol. 5, n.3, set.-nov. 2019.

PAULINO, Graça; COSSON, Rildo. Letramento literário: para viver a literatura dentro e fora da escola. In: ZILBERMAN, Regina; RÖSING, Tania (Orgs.). Escola e leitura: velha crise; novas alternativas. São Paulo: Global, 2009.

TODOROV, Tzvetan. A literatura em perigo. Rio de Janeiro: Difel, 2010.

ZILBERMAN, Regina. A leitura e o ensino da literatura. São Paulo: Contexto, 2010.
Publicado
2021-12-29