Os Novos Estudos do Letramento: um novo campo de investigação das práticas de leitura e escrita

Fernanda Taís Brignol Guimarães

Resumo


Refletimos, neste estudo, a respeito dos Novos Estudos do Letramento como um novo campo de investigação das práticas de leitura e de escrita. Para tanto, traçamos um percurso teórico a respeito do surgimento e desenvolvimento deste novo campo de estudos, que, diferentemente de abordagens tradicionais, vê o letramento como uma prática social e situada. Nesse sentido, discutimos os conceitos de letramento autônomo e letramento ideológico, a diferença entre alfabetização e letramento e sobre os estudos do letramento no Brasil. Por fim, tratamos dos multiletramentos, os quais envolvem a diversidade cultural e as múltiplas linguagens e semioses que surgiram com o advento das novas Tecnologias Digitais da Comunicação e da Informação (TDICs) e dos gêneros digitas ou emergentes, por meio dos quais esses dois “multi” (múltiplas linguagens e múltiplas culturas) subsistem simultaneamente e dos quais a escola, como uma importante agência de letramentos, não pode se eximir.


Palavras-chave


Novos Estudos do Letramento; Multiletramentos; Prática escolar

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Caletroscópio - Revista do Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Ouro Preto

ISSN (on-line): 2318-4574 

Qualis CAPES: A4 (2017-2018)

Qualis CAPES: B2 (2013-2016)


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional