(Des)colonialidade, cultura e produções de identidade(s): a identidade do professor de espanhol em instituições brasileiras

  • Naiara de Paiva Vieira UFOP
Palavras-chave: (Des)colonialidade; Políticas Linguísticas; Identidade.

Resumo

Este artigo é parte de minha pesquisa de mestrado, intitulada: Performatividade, (Des)colonialidade e Políticas Linguísticas: a identidade do professor de espanhol em instituições brasileiras; analisei o discurso de seis professores de espanhol, de áreas diferentes de ensino, buscando analisar os impactos para as identidades de professores de língua espanhola causados pela experiência com a docência. Para a escrita desse artigo, me embasei nos teóricos Bauman e Hall (2005) e suas visões pós-modernas de identidade e cultura; busquei na teoria de Bhabha (1998), Fanon (1968) e Hall (2003), o conceito de pós-colonial e a noção de descolonialidade; também trouxe a teoria de Mignolo (2006, 2008) e Walsh (2006), sobre a importância da interculturalidade no ensino-aprendizagem de línguas. Busquei contribuir com o rompimento de pensamentos sociais hegemônicos que consideram a variação espanhola europeia como a mais “digna” de ser ensinada.

Referências

ARAUJO, C. M. A. O ensino de espanhol no Brasil: história de um processo em construção. In: Políticas públicas e ensino do espanhol como língua estrangeira na região de Londrina: desafios para sua implementação, pp. 240-252, 2010.
BAGNO, M. A norma culta – língua & poder na sociedade brasileira. 2ª ed. São Paulo, Parábola Editorial, 2003. ISBN: 85-8845-6-12-5, p. 194.
BAUMAN, Z. (1925). Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi/Zygmunt Bauman; tradução, Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Ed., 2005. 110p.
BHABHA, H. K. O local da cultura. Belo Horizonte, Editora da UFMG, 1998, 395p.
BRAGA, L. A., Crenças e atitudes de uma professora de espanhol de uma escola pública do interior do Paraná e as políticas linguísticas. Ano de Obtenção: 2013, 130 f. Dissertação (mestrado em Linguagem, Identidade e Subjetividade) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, UEPG, Ponta Grossa, Paraná, Brasil. 2013.
FANON, F. Da Violência. In: Frantz Fanon. Os condenados da terra. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, pp. 23-74, 1968.
__________. Interrogando a identidade: Frantz Fanon e a Prerrogativa Pós- colonial. In:
HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade/Stuart Hall; tradução Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Louro, 10. Ed. Rio de Janeiro, DP&A, 2005, 102 p.
________. Da diáspora: identidades e mediações culturais/ Stuart Hall; Organização Liv Sovik; Tradução Adelaine La Guardia Resende ... let all, - Belo Horizonte; Editora UFMG; Brasília: Representação da UNESCO no Brasil, 2003, 434 p. (Humanistas)
MIGNOLO, W. D. Desobediência epistêmica: a opção descolonial e o significado de identidade em política. Texto publicado em Cadernos de Letras da UFF – Dossiê, Literatura, língua e identidade, nº 34, pp. 287-324, 2008.
PARAQUETT, M. Multiculturalismo, interculturalismo e ensino/aprendizagem de espanhol para brasileiros. In: Espanhol: ensino médio / Coordenação, Cristiano Silva de Barros e Elzimar Goettenauer de Marins Costa. – Brasília, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, pp. 137-156, 2010. (Coleção Explorando o Ensino; v. 16).
______________. Por que formar professores de espanhol no Brasil? In: Hispanista – Vol IX - nº 35 - octubre – noviembre – diciembre de 2008, Revista electrónica de los Hispanistas de Brasil - Fundada en abril de 2000, 11p.
RAJAGOPALAN, K. Sobre o porquê de tanto ódio contra a linguagem “politicamente correta”. Texto publicado em Lopes da Silva, F. L. e Moura, H. M. M. (Orgs.) O Direito à Fala. A Questão do Preconceito Lingüístico. Florianópolis, ed. Insular, pp. 93 - 102, 2000.
REATTO, D. BISSACO, C. M. O ensino de espanhol como língua estrangeira: uma discussão sócio-política e educacional. In: Revista Letra Magna: Revista Eletrônica de Divulgação Científica em Língua Portuguesa, Lingüística e Literatura - Ano 04 n.07 - 2º Semestre de 2007, 13 p.
WALSH, C. Interculturalidad, descolonización del estado y del conocimiento/Catherine Walsh, Garcia Linera, Walter Mignolo -1ª e. – Buenos Aires, Del Signo, 2006, 128 p.
Publicado
2021-12-29