Sobre a Revista

Política de autoria

Nossa revista aceitará trabalhos acadêmicos (artigos, resenhas e entrevistas) de autores graduandos, graduados, mestres e doutores, em história e/ou outras áreas afins. Diante do exposto salientamos que serão aceitos artigos com um máximo de três co-autores, devendo ser indicada a ordem dos nomes no ato da submissão seguindo o seguinte critério: primeiro os nomes com maior contribuição no trabalho submetido ou, no caso de contribuição equitativa, seguindo ordem alfabética.

 

Declaração de direito autoral 

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a LICENÇA CREATIVE COMMONS ATTRIBUTION que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial pela Revista Gerais. 

Em virtude de aparecerem nesta revista de caráter público, os artigos são de acesso gratuito; 

Os dados, conceitos e opiniões apresentados nos trabalhos, bem como a exatidão das referências documentais e bibliográficas, são de inteira responsabilidade dos autores.

 

Política de transparência

É intenção da nossa Revista (entre)linhas manter uma política séria e transparente com nossos autores e leitores. Por isso, salientamos que estamos abertos para esclarecer eventuais dúvidas não elucidadas pelo site.

 

Política de Privacidade

 Os nomes e endereços informados serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros. Somente os emails dos autores e co-autores constarão no artigo publicado.

 

Código de Ética 

Não serão permitidos atos de assédio moral ou sexual, misoginia, racismo, injúria racial, LGBTfobia, além de histórico de fraude em cotas raciais nesta ou em outras instituições. Qualquer integrante, tanto do conselho editorial executivo como do consultivo, estará sujeito a expulsão mediante a estes atos. Para comprovação basta boletim de ocorrência e/ou depoimento da vítima. Não serão consideradas as inscrições de discentes para o conselho editorial que tenham envolvimento nesses crimes.