Verónica Orihuela: Desafíos desde una perspectiva de género en la radio universitaria

  • Debora Cristina Lopez Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
Palavras-chave: Rádio universitário, Gênero, Entrevista, Verónica Orihuela

Referências

Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2020. Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Disponível em: https://forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2021/02/anuario-2020-final-100221.pdf, acesso em 15 abril 2021.
BETTI, Juliana Cristina Gobbi. Informação crítico-emancipatória com perspectiva de gênero: os direitos das mulheres em programas radiofônicos femininos. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-Graduação em Jornalismo, Florianópolis, 2021.
MIRANDA, A. R. A.; FONSECA, F. P.; CAPPELLE, M. C. A.; MAFRA, F. L. N.; MOREIRA, L. B. O exercício da gerência universitária por docentes mulheres. Revista Pretexto, v. 14, n. 1, p. 106-123, 2013.
MOSCHKOVICH, Marília; ALMEIDA, Ana Maria F. Desigualdades de Gênero na Carreira Acadêmica no Brasil. Dados, Rio de Janeiro, v. 58, n. 3, p. 749-789, set. 2015. Disponível em: . Acesso: 13 mai. 2021. https://doi.org/10.1590/00115258201558.
VELOSO, Ana Maria da Conceição. O fenômeno Rádio Mulher: comunicação e gênero nas ondas de rádio. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Publicado
2021-06-17