Palhaças com a Palavra: Reflexões sobre dramaturgia e teatro popular a partir da peça A Luta, do grupo Madeirite Rosa

Palavras-chave: Teatro Popular, Teatro de Rua, Dramaturgia, Criação Coletiva, Palhaçada feminina

Resumo

Este artigo tem como tema a dramaturgia no teatro popular brasileiro, mais especificamente, métodos coletivos de criação nesse campo. Pretendemos, através do registro e exame do processo de criação do texto teatral A Luta (2015), contribuir para o acervo histórico no campo do teatro popular no Brasil, bem como para o enriquecimento de seu arcabouço teórico. Para tanto, temos como base as contribuições de Bakhtin (2010), Castro (2005), Bolognesi (2003), Trindade & Turle (2010) e Vieira (2006). Através de entrevistas com as autoras e de acesso às anotações pessoais do processo criativo das mesmas, apresentamos as origens do grupo Madeirite Rosa e sua proposta estética, as influências e referências na dramaturgia de A Luta e, de maneira cronológica, construímos uma narrativa do processo de criação da encenação e do texto da peça.

Biografia do Autor

Liz Nátali Sória, USP

Liz Nátali Sória é atriz e professora de teatro. Licenciada em Artes Cênicas - Licenciatura pela ECA/USP. Possui mestrado em História pela FFLCH/USP. É eutonista em formação. Cofundou e integra o grupo Madeirite Rosa.

Fernanda Donnabella Orrico, UNICAMP

Fernanda Donnabella Orrico é professora, artista teatral e pesquisadora. Bacharel em Artes Cênicas pela USP, licenciada em Educação Artística pelo CEUCLAR e doutoranda em Educação pela Unicamp, com pesquisa no campo do humor, educação e psicanálise. Pesquisadora associada no projeto Escola, comunicação e sobrevivência. Docente de teatro em curso profissionalizante. Cofundou e integra o grupo Madeirite Rosa. E-mail: fernanda.donnabella@yahoo.com.br .

Rafaela Lima Carneiro, Universidade Estácio de Sá

Rafaela Lima Carneiro é diretora teatral, atriz e professora de teatro. Licenciada em Língua Portuguesa pela Universidade Estácio de Sá. Cofundadora da Brava Companhia, onde esteve até 2017, atualmente integra o grupo Madeirite Rosa, o qual também cofundou, e trabalha em parceria com diversos grupos da cidade de São Paulo.

Cris Lima, Faculdade de Educação e Cultura Montessori - FAMEC

Cris Lima é professora, atriz, figurinista, cenógrafa e aderecista. Possui formação em Licenciatura em Artes Visuais na FAMEC (2009), Teatro Profissionalizante pelo Instituto de Educação Costa Braga (2006). Cofundadora da Arco Escola-Cooperativa e do grupo Madeirite Rosa. 

Referências

BAKTHIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Editora Hucitec, 2010.

BOLOGNESI, Mário Fernando. Palhaços. São Paulo: Editora UNESP, 2003.

CASTRO, Alice Viveiros de. O Elogio da Bobagem– palhaços no Brasil e no mundo. Rio de Janeiro: Editora Família Bastos, 2005.

DELMANTO, Júlio. Saída de cena do subcomandante Marcos reflete nova etapa do EZLN em Chiapas. Disponível em: https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/35561/saida-de-cena-do-subcomandante-marcos-reflete-nova-etapa-do-ezln-em-chiapas. Acesso em: 11 de maio de 2020.

GALEANO, Eduardo H. De pernas pro ar: a escola do mundo ao avesso. Porto Alegre: L&PM Editores, 2013.

GALEANO, Eduardo H. Vozes e crônicas: “Che” e outras histórias. São Paulo: Global; Versus, 1978.

IASI, Mauro Luis. Ensaios sobre a consciência e emancipação. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

DONNABELLA, Fernanda. et. al. A Luta – Madeirite Rosa. 2018. Disponível em: https://youtu.be/bx0qTBls_VA. Acesso em: 20 de maio de 2021.

MARICATO, Ermínia et al. Cidades rebeldes: Passe Livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. São Paulo: Boitempo: Carta Maior, 2013.

RAIMUNDO, Max (Org.) et al. Cadernos de Erros IV– peças erradas que tentam emperrar a máquina. São Paulo: LiberArs, 2015.

REDE DE COMUNIDADES DO EXTREMO SUL DE SÃO PAULO-SP. Comunicado. Disponível em: https://redeextremosul.wordpress.com/. Acesso em: 14 de abril de 2020.

ROSSI, Marina. Ocupação de 182 escolas em SP vira teste de resistência de Alckmin. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2015/11/27/politica/1448630770_932542.html. Acesso em: 11 de maio de 2020.

SINGER, André. O Lulismo em crise: um quebra-cabeça do período Dilma (2011-2016). São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

TRINDADE, Jussara; TURLE, Licko. Teatro de rua no Brasil: a primeira década do terceiro milênio. Rio de Janeiro: E-papers, 2010.

VIEIRA, César. Em busca de um teatro popular. São Paulo: FUNARTE, 2006.

Publicado
2021-10-31
Seção
Memoriais e Relatos de experiência