Pedagogias Descoloniais a partir de Corpos e Poesias

criação de dramaturgias biogeográficas na educação básica no Brasil

Palavras-chave: Pedagogia descolonial, Pedagogia do Oprimido, Teatro do Oprimido, dramaturgia teatral, corpos cênicos

Resumo

O trabalho trata de uma práxis que busca a correlação do pensamento descolonial com a Pedagogia do Oprimido e com o Teatro do Oprimido, de modo a assim possibilitar o desenvolvimento de uma proposta epistêmica outra, por meio da mediação, para o ensino de Teatro na Educação Básica, a partir de fazeres artístico-pedagógicos biogeográficos (Bessa-Oliveira, 2016). Os diálogos entre as epistemologias e os estudos de Miller (2005), Boal (1980), Freire (2020) e Mignolo (2008) são aqui realizados em perspectiva descolonial a fim de colaborar para a construção de práticas das artes da cena para a sala de aula.

Biografia do Autor

Vitória Pavan, UEMS

Vitória Pavan é graduada em Artes Cênicas e mestranda no Mestrado Profissional em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Membra do Grupo de Pesquisa NAV(r)E – Núcleo de Artes Visuais em (re)Verificações Epistemológicas. 

Marcos Antônio Bessa-Oliveira, UEMS

Marcos Antônio Bessa-Oliveira é docente dos cursos de Licenciatura em Artes Cênicas, Dança e Teatro e do Mestrado Profissional em Educação – PROFEDUC /UEMS. Pós-doutor em Estudos de Linguagens (FAALC/UFMS) e Doutor em Artes Visuais (UNICAMP). Coordenador do grupo NAV(r)E – Núcleo de Artes Visuais em (re)Verificações Epistemológicas – UEMS/CNPq.

Referências

ARAÚJO, Christiane. A dança na disciplina de Arte: Transposição entre as linguagens artísticas. Campo Grande, MS: Life Editora, 2021.

BESSA-OLIVEIRA, Marcos Antônio. PENSAMENTO DESCOLONIZADO COMO RE-EXISTÊNCIA DE PASSADO NA ARTE: PENSAR-NÃO-SENDO EUROPEU.. In: (Re)existências: anais do 30º encontro nacional da ANPAP. Anais...João Pessoa(PB) ANPAP, 2021. Disponível em https://www.even3.com.br/anais/30enanpap2021/371014-pensamento-descolonizado-como-re-existencia-de-passado-na-arte--pensar-nao-sendo-europeu/ . Acesso em 11 de março de 2022.

BESSA-OLIVEIRA, Marcos Antônio. Educação, Tecnocolonialidade, Docência Remota & a Covid-19. Campo Grande, MS: Life Editora, 2020.

BESSA-OLIVEIRA, Marcos Antônio. Arte, Cultura e Educação na formação docente com perspectivas d Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas, 26º, 2017, Campinas os estudos de cultura. Movimento – Revista Educação, Niterói, RJ, ano 6, n.11, p. 100-136, 2019. Disponível em https://periodicos.uff.br/revistamovimento/article/view/32877. Acesso em 14 de abril de 2022.

BESSA-OLIVEIRA, Marcos Antônio. O corpo das artes (cênicas) latinas ainda é razão e emoção!. Cadernos de Estudos Culturais: Corpos Epistêmicos, Campo Grande, MS, v. 2, p. 83-109, 2019. Disponível em https://periodicos.ufms.br/index.php/cadec/article/view/9711. Acesso em 14 de abril de 2022.

BESSA-OLIVEIRA, Marcos Antônio; NOLASCO, Cézar. Biogeografia – Descolonizar O Ser, Sentir E Saber Para A Transmissão Do Conhecimento nas Artes Visuais, In Encontro da. Anais do 26º Encontro da Anpap. Campinas: Pontifícia Universidade Católica de Campinas, 2017, p.883-898. Disponível em http://anpap.org.br/anais/2017/PDF/EAV/26encontro______BESSA-OLIVEIRA_Marcos_Ant%C3%B4nio__NOLASCO_C%C3%A9zar.pdf . Acessado em 14 de abril de 2022.

BESSA-OLIVEIRA, Marcos Antônio. Para experimentar, formar, praticar, caminhar é preciso antes ser, sentir, saber bio -geo -grafias no ensino de artes, In XXVII Congresso Nacional da Federação de Arte/Educadores do Brasil, 27º, 2017, Campo Grande. Anais XXVII CONFAEB. Campo Grande, 2017. P. 240-256. Disponível em https://faeb.com.br/confaeb/anais-confaeb-2017/ . Acesso em 14 de abril de 2022.

BOAL, Augusto. Teatro do Oprimido e outras poéticas políticas. 2ª edição. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1980.

BOAL, Augusto. 200 exercícios e jogos para o ator e o não-ator com vontade de dizer algo através do teatro. 4ª edição. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1982.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17ª edição. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 64 ed. – Rio de Janeiro/São Paulo: Paz E Terra, 2020.

KUHN, Mara Lúcia Welter. Boal e o teatro do oprimido: o espect-ator em cena na educação popular. 2011. 73 f. Dissertação (Mestrado em Educação nas Ciências) – Faculdade de Pedagogia, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí. 2011. Disponível em http://augustoboal.com.br/wp-content/uploads/2019/05/006-mara-welter.pdf . Acessado em: 14 de abril de 2022.

MIGNOLO, Walter. Desafios descoloniais hoje. Foz do Iguaçu/PR: Epistemologias do Sul, p. 12-32, 2017. Disponível em https://revistas.unila.edu.br/epistemologiasdosul/article/view/772 . Acesso em 14 de abril de 2022.

MIGNOLO, Walter. Prefacio. In: PALERMO, Zulma. Para una pedagogia decolonial. 1ª ed.. Ciudad Autónoma de Buenos Aires: Del Signo, 2014. (El desprendimento / Walter Mignolo), p. 7-9.

MIGNOLO, Walter. Desobediência Epistêmica: a opção descolonial e o significado de identidade em política. Cadernos de Letras da UFF. Dossiê: literatura, língua e identidade, nº 34, p. 287-324, 2008. Disponível em http://professor.ufop.br/tatiana/classes/ppgd-pluralismo-epistemol%C3%B3gico/materials/desobedi%C3%AAncia-epist%C3%AAmica-walter-mignolo . Acesso em 14 de abril de 2022.

MILLER, Jussara Corrêa. A escuta do corpo: abordagem da sistematização da Técnica Klauss Vianna. Campinas, SP: [s.n.], 2005.

MILLER, Jussara Corrêa. Qual o corpo que dança? Dança e Educação Somática para a construção de um corpo cênico. Campinas, SP: [s.n.], 2010.

NOLASCO, Edgar Cézar. Descolonizando a pesquisa acadêmica: uma teorização sem disciplina. Cadernos de Estudos Culturais: Tendências Artísticas do Século XXI, Campo Grande, MS, v.1, p. 9-21, 2018. Disponível em https://periodicos.ufms.br/index.php/cadec/article/view/7725 . Acesso em 14 de abril de 2022.

NOLASCO, Edgar Cézar A ignorância da revolta. São Paulo: Intermeios, 2019. 108 p.

NOLASCO, Edgar Cézar O jardim das fronteiras. São Paulo: Intermeios, 2020. 58 p.

PAVAN, Vitória. Você é arte. 2019. (Texto no prelo).

PAVAN, Vitória Corpo. 2019. (Texto no prelo).

PAVAN, VitóriaDesabrochar. 2020. (Texto no prelo).

PAVAN, Vitória; BESSA-OLIVEIRA, Marcos Antônio.-Poesia em ação na quarentena: A gente que é corpo/Precisa de corpo [...]. Curitiba: Revista O Mosaico, v. 20, jan-jun, p. 411-424, 2021. Disponível em http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/3861/pdf_156 . Acesso em 14 de abril de 2022 .

SANTOS, Kelly Queiroz; BESSA-OLIVEIRA, Marcos Antônio. Arte-Mediação: uma pedagogia da diversalidade Para pensar o ensino de arte. Curitiba: Revista O Mosaico, v.19, jul-dez, p. 32-55, 2020. Disponível em http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/3660 . Acesso em 14 de abril de 2022.

SILVA, Ivone Ferreira. O Teatro do Oprimido: A arte de libertar os sujeitos. Cadernos PDE, Paraná, volume II, 2016. Disponível em http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_artigo_arte_unicentro_ivoneferreiradasilva.pdf. Acesso em 14 de abril de 2022.

SILVA, Mayra Nascimento. O “Teatro do Oprimido” de Aguardo Boal e o processo de ressocialização de jovens em conflito com a lei. CONPEDI, Santa Catarina, p. 426-447, 2014. Disponível em http://www.publicadireito.com.br/artigos /?cod=d87e487d05fcd326 . Acesso em 14 de abril de 2022.

Publicado
2022-07-29
Como Citar
PAVAN, V.; BESSA-OLIVEIRA, M. A. Pedagogias Descoloniais a partir de Corpos e Poesias: criação de dramaturgias biogeográficas na educação básica no Brasil. Ephemera - Revista do Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal de Ouro Preto, v. 5, n. 10, p. 156-180, 29 jul. 2022.